Aliança Empreendedora carregando
Blog
Uma Aliança Empreendedora cada vez maior

Uma Aliança Empreendedora cada vez maior

2018 foi tempo de chegar a mais empreendedores, e em 2019 esse movimento continua na Aliança Empreendedora

Quando a Aliança Empreendedora fez um exercício de planejamento e projeção para 2018, a palavra que apareceu no radar foi exponencialidade. Ou seja, a Aliança queria chegar a um número ainda maior de empreendedores do que já vinha alcançando em anos anteriores. E isso foi possível com o incremento de projetos de longa data, com mais de dois anos de caminhada, e com a chegada de novas ações e parceiros.

O projeto Parceiros em Ação, realizado em parceria com o Santander, atingiu mais de dois mil empreendedores em 2018, levando qualificação itinerante e gratuita por meio da metodologia de caravanas. A cada parada, turmas de até 40 pessoas participaram de encontros presenciais ao longo de uma semana, com atividades vivenciais e conteúdos sobre vendas, formação de preço e gestão financeira. “Chegamos a um maior número de territórios com esse projeto. Foi o mais representativo em número de empreendedores no ano de 2018”, avalia Alexandra Meira, Diretora da Projetos, Excelência e Impacto da Aliança Empreendedora.

Outro projeto que merece destaque em uma análise quantitativa é o Geração Empreendedora, que incluiu 1.108 jovens ano passado. Iniciado há seis anos, quando a Aliança Empreendedora se tornou membro da rede da Youth Business International (YBI), o programa já atendeu milhares de jovens entre 19 e 35 anos.

Em termos de projetos novos desenvolvidos pela Aliança ao longo de 2018, Alexandra destaca o Academia Assaí, realizado pela Aliança Empreendedora em parceria com o Assaí Atacadista e o Instituto Grupo Pão de Açúcar.  A ação busca desenvolver e fortalecer as competências empreendedoras e gestão de micro e pequenos negócios brasileiros do setor alimentício. A Aliança executa toda a parte de formação do projeto.

“O Academia Assaí se estrutura em atuação e promoção de desenvolvimento de empreendedores de forma online e também presencial, por meio de caravanas, e teve bons resultados também. É um projeto novo, com parceiro novo, que traz expectativas muito boas para continuidade em 2019”, avalia Alexandra.

Inspiração para 2019

Chegar a mais lugares, gerar um impacto maior e construir parcerias locais e metodologias que conseguem ser facilmente replicadas. Esse é o legado de 2018, e que deve se ampliar em 2019.

“Fica esse desenho e essa construção com metodologias que são facilmente replicáveis, e que apesar de serem pensadas e indicadas de forma fácil, não deixam de impactar e transformar a vida dos empreendedores e dos negócios lá na ponta. Temos buscado flexibilizar nosso modo de atuação para conseguir chegar a um maior número de cidades, ambientes e espaços no Brasil, sempre com parcerias locais”, afirma Alexandra.

As metodologias da Aliança Empreendedora foram fundamentais nessa expansão. Tanto as caravanas – que são arrebatadoras, por atenderem turmas de até 70 pessoas em uma semana, compartilhando conteúdo transformador – como o Cineclube – que possibilita que pessoas, simpatizantes e organizações interessadas em fomentar o ecossistema do empreendedorismo em nível local possam acessar e replicar material da plataforma Tamo Junto para inspirar e apoiar as pessoas em seus processos de empreender – se mostraram certeiras nesse objetivo de chegar a mais empreendedores.

“A formação online sempre traz exponencialidade, e temos investido muito nisso. Mas há empreendedores que a gente quer transformar, nos quais a gente realmente quer chegar, e que não têm acesso a conexão de internet ou facilidade de trato com o mundo virtual. Então, ainda é necessário o contato olho no olho, uma relação presencial, de interação, de proporcionar também a troca com outros empreendedores. As duas metodologias permitem chegar a esses públicos diversos. E devem continuar com força em 2019”, avalia Alexandra.

Comentários