Aliança Empreendedora carregando
Blog
arquivo
Empreendedorismo jovem: um dos focos de investimento do Instituto Camargo Corrêa

Empreendedorismo jovem: um dos focos de investimento do Instituto Camargo Corrêa

 

Jovens apoiados pelo Geração Y, eles têm um projeto social que ensina dança de rua e grafitagem nas escolas.

O Instituto Camargo Corrêa congrega as iniciativas de investimento social corporativo do Grupo Camargo Corrêa. Com os investimentos voltados para cumprir a missão de articular e fortalecer organizações que contribuam para a formação integral de crianças, adolescentes e jovens, visando ao desenvolvimento comunitário sustentável, o ICC fomenta iniciativas em 4 áreas de atuação: Primeira Infância, Educação Básica, Juventude e Voluntariado.

O ICC foi patrocinador máster do “1º Prêmio Aliança de Empreendedorismo Comunitário”, e também é parceiro-investidor do Projeto Geração Y da Aliança Empreendedora. Nós entrevistamos Jair Resende, Coordenador do Programa Futuro Ideal, para saber por que a escolha do ICC em investir em empreendedorismo como ferramenta de desenvolvimento econômico e social.

Aliança Empreendedora: Como o Instituto vê o empreendedorismo comunitário como ferramenta de desenvolvimento econômico e social do Brasil?
Jair Resende: O ICC entende que é muito importante estarmos alinhados com as políticas públicas locais, regionais e nacionais. Baseados nisso, o Programa Futuro Ideal tem uma ação voltada para o empreendedorismo de pessoas jovens (lembrando que as políticas nacionais consideram jovem, pessoas entre os 16 e os 29 anos de idade) em duas frentes: na formação técnica dessa pessoa para o mercado de trabalho,  e no estímulo e apoio para que a pessoa desenvolva seu espírito empreendedor e consiga colocá-lo em prática. Na cidade de Curitiba, em parceria com a Aliança Empreendedora, nós procuramos incentivar o empreendedorismo juvenil através do Projeto Geração Y, tanto o coletivo, como o individual, via capacitação, formação e financiamento, acreditando na idéia desse empreendedor.

Aliança Empreendedora: Qual a relevância de ações que comuniquem e incentivem a causa empreendedora ao grande público, como o “1º Prêmio Aliança de Empreendedorismo Comunitário”, para o ICC?
Jair Resende: Patrocinamos o “1º Prêmio Aliança de Empreendedorismo Comunitário” pois acreditamos estar em um momento em que a relação do mercado de trabalho com o emprego tradicional de carteira assinada está mudando. Estamos saindo do modelo do empregado assalariado para um modelo muito mais empreendedor, ligado a um produto, a um serviço. Ações como o prêmio trazem essa perspectiva ao grande público: estimulam a criatividade, o empreendedorismo, e a criação de redes para o desenvolvimento de produtos ou serviços. Queremos premiar e reconhecer pessoas que tiveram uma iniciativa, que correram atrás dos seus sonhos e conseguiram. O ICC quer estar junto desse público, e quer contribuir com eles.

 

 

Comentários