Aliança Empreendedora carregando
Blog
Guru de Negócios tem programação exclusiva durante Encontro Nacional de Microempreendedores e Fórum Brasileiro de Microempreendedorismo 360

Guru de Negócios tem programação exclusiva durante Encontro Nacional de Microempreendedores e Fórum Brasileiro de Microempreendedorismo 360

No primeiro encontro presencial da nova turma do projeto, 80 mentores e empreendedores puderam acompanhar a programação dos dois eventos realizados pela Aliança Empreendedora.

O primeiro encontro presencial da nova turma do projeto Guru de Negócios integrou a programação do Encontro Nacional de Microempreendedores – Todos Podem Empreender e do Fórum Brasileiro de Microempreendedorismo 360, realizados nos dias 2 e 3 de julho pela Aliança Empreendedora e parceiros.

A iniciativa, que faz parte do Programa de Mentoria da Aliança Empreendedora, foi criada com o objetivo de selecionar jovens empreendedores de todo o Brasil para passarem por um processo de acompanhamento durante seis meses. Carolina Calefi, coordenadora do programa de Mentoria e do Guru de Negócios, explica que a iniciativa tem o objetivo de fortalecer a mentoria como uma ferramenta de suporte para o empreendedor. “Temos outras iniciativas que são compostas de capacitação e mentoria, mas selecionamos esta com o intuito de avaliar seu real impacto versus o impacto da formação”, afirma. 

Para a coordenadora, a iniciativa se diferencia por contar com um encontro inicial presencial, onde os empreendedores selecionados assistem a palestras, participam de oficinas e workshops e são conectados ao mentor que fará seu acompanhamento. 

O Encontro Nacional e o Fórum 360 foram palco dessa conexão entre mentores e mentorados. Foi realizado um processo de seleção e 40 jovens empreendedores foram selecionados. Para participar do processo de formação da mentoria é necessário ser um empreendedor atuantante, formalizado ou não. Para fazer a conexão e formar duplas, a equipe da Aliança Empreendedora buscou em seu banco de mentores voluntários 40 profissionais com perfis mais adequados às características dos jovens empreendedores.  

 

Programação 

Tanto a programação do Encontro Nacional como a do Fórum contaram com momentos destinados ao Guru de Negócios. No Encontro Nacional, a Aliança Empreendedora promoveu uma oficina para que os empreendedores pudessem passar por um treinamento para a mentoria, com explicações sobre como será o processo, o que é e o que não é mentoria, como podem aproveitar ao máximo o mentor para seu desenvolvimento pessoal e do negócio, entre outros pontos. 

No dia seguinte, no Fórum, os empreendedores e mentores se conheceram pessoalmente e tiveram um espaço para realizar o primeiro encontro de mentoria. “Este primeiro contato é muito importante para gerar conexão, empatia e confiança entre mentor e empreendedor”, observa Carolina. 

Segundo a coordenadora, realizar esse encontro inicial durante dois grandes eventos da Aliança Empreendedora foi uma oportunidade de os empreendedores e mentores participarem de um espaço maior de aprendizado, troca e conhecimento. “Muita gente participa do Encontro Nacional. São empreendedores de vários estados do Brasil, parceiros da Aliança, toda nossa equipe. Realizar o primeiro encontro do Guru durante esses dois eventos é uma forma de conectar os mentorados a uma rede muito maior de empreendedores.” 

 

Processo de mentoria 

A mentoria do projeto Guru de Negócios tem duração de seis meses. É durante esse período que cada mentor poderá incentivar os jovens a desenvolverem competências e habilidades empreendedoras e que, a partir das trocas de experiência identifiquem oportunidades para o crescimento de seus negócios e troquem experiências com seus pares. 

Também é tarefa do mentor apoiar o desenvolvimento pessoal do seu mentorado, além de questões mais específicas relacionadas ao desenvolvimento do negócio, como apoio nas áreas financeira e administrativa do negócio, conexão com outros empreendedores e uso de ferramentas, entre outros pontos.  

Carolina explica que a Aliança Empreendedora acompanha esse processo, como, por exemplo, determinando o mínimo de frequência dos encontros: pelo menos uma mentoria por mês, o que na maioria das vezes acontece virtualmente, considerando que muitos mentores e mentorados não moram na mesma cidade. 

Além disso, a AE promove três momentos de feedback. “Nós fazemos um acompanhamento nos primeiros quinze dias de mentoria para entender se o processo foi bom e se vai durar os seis meses. Se não houver conexão, o processo não vai para frente. Perguntamos quais foram as primeiras impressões e se sentiram que o match foi certo. Depois, fazemos outro acompanhamento ao final de dois meses e do terceiro para o quarto mês, além de um relatório final, onde eles contam sobre todo o programa e dão dicas sobre o que podemos melhorar”, explica a coordenadora. 

 

A importância da mentoria 

A pesquisa realizada pela Aliança no final da primeira edição do Guru de Negócios mostra o quanto os empreendedores consideram importante essa troca periódica com outros profissionais para auxiliarem sua jornada: 92% dos mentorados relataram que saem do Programa mais confiantes e preparados para colocar a mão na massa. 

Dos participantes, 77% perceberam crescimento no seu negócio, destacando a mentoria como uma aceleradora dos seus negócios! Além disso, a mentoria contribui para a taxa de sobrevivência dos negócios: 97% dos empreendedores deram continuidade aos seus empreendimentos após a mentoria.

 

Eventos 

O Encontro Nacional de Microempreendedores – Todos Podem Empreender é uma iniciativa da Aliança Empreendedora. Nesta edição contou com patrocínio de Bid Lab e Instituto Renner e o apoio da Unibes Cultural. 

O Fórum Brasileiro de Microempreendedorismo é uma iniciativa da Aliança Empreendedora e do Bank of America Merrill Lynch. A terceira edição contou com o apoio do Bid Lab e Unibes Cultural e com o Assaí Atacadista, como parceiro de conteúdo. 

Comentários