Aliança Empreendedora carregando
Blog
“Atraindo clientes como caçamos Pokémons”: Confira a coluna de Lina Useche, diretora e co-fundadora da Aliança Empreendedora no Blog do Caixa Crescer

“Atraindo clientes como caçamos Pokémons”: Confira a coluna de Lina Useche, diretora e co-fundadora da Aliança Empreendedora no Blog do Caixa Crescer

No texto, Lina exemplifica o perigo da zona de conforto do empreendedor com um jogo que com certeza você já ouviu falar: Pokémon Go. Ela traduz as dicas do jogo para o mundo do empreendedorismo. Confira abaixo a coluna na íntegra:

Atraindo clientes como caçamos Pokemóns

Muitos empreendedores ainda acreditam que o que define o negócio deles é o espaço físico, a loja, a fábrica, o ateliê, a sala comercial, etc, o que faz com que fiquem presos e virem reféns de um único canal de vendas e de um único canal de comunicação com o cliente. E esta é uma armadilha na qual todos os empreendedores, em algum momento, acabam caindo.

O empreendedor pode achar que o espaço físico é sua zona de conforto, porém é uma zona de acomodação. Quando ficamos reféns de um único canal de vendas e de uma única fonte de comunicação com o nosso cliente, perdemos a atualização das tendências do mercado ao nosso redor, perdemos a oportunidade de expor nosso produto ou serviço para outros públicos em outras regiões que podem nos dar dicas e sugestões de melhoria. Um negócio que se limita a seu espaço físico perde a chance de trocar experiências com outros empreendedores e com outros potenciais clientes.

E para deixar este assunto mais claro, podemos usar um jogo muito famoso para exemplificar, o Pokemon Go. Não se preocupe se você nunca jogou este jogo, pois com certeza você já ouviu falar dele. Para se ter sucesso na captura e evolução dos seus Pokémons, algumas orientações são extremamente valiosas, e não por acaso, podemos aplicar as mesmas dicas para ampliar nossa rede de clientes e fidelizar os que já estão conosco. Abaixo seguem as principais dicas dos jogadores de Pokémon Go no Brasil, que o site Tech Tudo compilou:

Dica #1 – Primeira captura: Já no começo é preciso uma escolha: fogo, água ou grama.

Na nossa empresa não é diferente, é preciso escolher qual é o tipo de cliente que vai amar nosso produto ou serviço, é preciso identificar qual é o perfil desse cliente para que possamos fazer uma comunicação mais direcionada e que atraia a sua atenção.

Dica #2 – É preciso sair de casa: Não vai ter jeito, os Pokémons estão lá fora.

Esta é a dica mais fundamental de todas. O empreendedor não pode ficar parado esperando os clientes o procurarem. Nós precisamos ir atrás deles, saber os lugares que eles frequentam, levar nossos produtos e serviços para feiras e eventos, promover nosso negócio nos lugares onde os nossos clientes estão. Levar o máximo de informação para a “rua” é a garantia de que nosso cliente nos encontrará.

Dica #3 – Ficha técnica do Pokemon: Pokémon Go tem uma Pokédex, ou Poké Agenda, que traz todas as informações do Pokémon capturado.

Para fidelizar os clientes é preciso que a gente os conheça muito bem, saber com que frequência eles compram o produto ou serviço que oferecemos, conhecer seus gostos, suas dificuldades, e principalmente entender qual é o problema que ele tem que nosso negócio ajuda a resolver. O cliente é a melhor fonte de informações para saber se nosso negócio está no caminho certo. A opinião deles pode nos ajudar a implantar melhorias e até a reduzir custos desnecessários. Quanto mais a gente conhece e entende a realidade do nosso cliente, melhores produtos e serviços oferecemos pra eles, melhor conseguimos criar um canal de relacionamento e mais fiéis eles se tornam.

Dica #4 – Escolha sua equipe: O jogador precisa escolher um time para se afiliar: azul, amarelo ou vermelho. Ao escolher um deles, como se fosse um “clã”, o jogador pode defender ginásios e conseguir mais benefícios.

Como já falamos em outros posts, é impossível ter sucesso sozinho, o sucesso vem da cooperação e das parcerias. Quando o assunto é atrair mais e melhores clientes, as parcerias são fundamentais. Que tal conversar com os outros empreendedores do bairro e fazer uma parceria para um divulgue o outro sempre que tiver uma oportunidade? Ou, se seus clientes estão em outras localidades, que tal fazer uma parceria com outras empresas que também tem contato com o mesmo tipo de cliente que vocês podem se ajudar mutuamente com a divulgação? Até nossos concorrentes podem se tornar grandes parceiros.

Em resumo, atrair clientes é um exercício diário, exige sim esforço e muita criatividade por parte do empreendedor. Mas o resultado é imediato! Experimente novas formas de chegar ao seu cliente, você não vai se arrepender.

Fonte: Blog Caixa Crescer

Comentários