Aliança Empreendedora loading
Blog
Voluntários da IBM na Aliança Empreendedora

Voluntários da IBM na Aliança Empreendedora

Therese e Pavel apresentando o Projeto realizado para a Aliança Empreendedora durante evento na Prefeitura de Curitiba.

Therese e Pavel apresentando o Projeto realizado para a Aliança Empreendedora durante evento na Prefeitura de Curitiba.

 

IBM apresenta às ONGs resultados do trabalho de seus voluntários estrangeiros em Curitiba 

A IBM encerrou ontem, 27 de outubro, o projeto que trouxe 15 funcionários estrangeiros para realizar trabalho voluntário em sete instituições de Curitiba. No evento de encerramento, foi realizado em uma cerimônia no Salão Nobre da Prefeitura da cidade, os voluntários da IBM compartilharam suas experiências e receberão um retorno de representantes das instituições beneficiadas. Além disso, foi realizada uma Mesa Redonda sobre Gestão Pública e o papel do Terceiro Setor na conjuntura brasileira, com a participação do Secretário de Planejamento de Curitiba, Carlos Homero Giacomini, e o professor da PUC- PR, Fábio Tadeu Araújo.

Esta foi a primeira vez que a IBM Brasil recebeu na capital paranaense voluntários para participar do projeto mundial Corporate Service Corps, que tem por objetivo auxiliar no desenvolvimento socioeconômico de países emergentes e capacitar líderes globais. Os voluntários que vieram da Coréia do Sul, França, Filipinas, Suíça, China, Suécia, Estados Unidos, Austrália, República Tcheca, Índia e Reino Unido desenvolveram atividades visando ao atendimento de necessidades das instituições.

As instituições participantes dessa edição do programa – Associação dos Amigos do Hospital de ClínicasGrupo Integrado de Aqüicultura e Estudos Ambientais (GIA), Associação Aliança Empreendedora, Associação Paranaense de Apoio à Criança com Neoplasia (APACN), Centro de Ação Voluntária de Curitiba (CAV), Pastoral da Criança e Hospital Pequeno Príncipe –  ganharam planos de marketing,  captação de recursos e comunicação em mídias sociais; adquiriram conhecimento em database para gerar colaboração em rede; receberam proposta de sistema de gerenciamento de informação e  ações que promovem o aumento da performance e o espírito cross-function entre os funcionários das instituições.

Os voluntários estão voltando para seus países com uma ampla bagagem pessoal, cultural e profissional. “Percebi uma grande paixão no trabalho social que é desenvolvido dentro da instituição que ajudei. Sinto-me muito feliz por ter podido contribuir com o trabalho. Além disso,  experimentei uma cultura diferente e aprendi muito com a equipe da qual participei e com os brasileiros”, contou KaWon Cho, especialista em TI da IBM na Coréia do Sul. Arlene Wainstein, gerente de Relações Externas da IBM para Oriente Médio e África, também considera um presente ter podido contribuir com instituições  que realizam trabalhos tão importantes para a sociedade. “A experiência na instituição e em Curitiba proporcionou-me uma nova perspectiva sobre a cultura, a receptividade, a hospitalidade e o orgulho do povo brasileiro”, concluiu ela.

Os voluntários que vieram para a Aliança Empreendedora foram Pavel – República Tcheca, e Therese – Filipinas, eles desenvolveram um projeto em finanças e recursos humanos, respectivamente.

Corporate Service Corps (CSC)
O CSC é um programa mundial da IBM que consiste em formar equipes de funcionários voluntários para contribuir com o crescimento econômico e o desenvolvimento tecnológico em ONGs e instituições governamentais de países em desenvolvimento.  A iniciativa visa à capacitação de líderes globais promovendo o desenvolvimento de skills como trabalho em equipe e flexibilidade, além de inspirá-los com novas ideias e novas habilidades.

Desde o primeiro ano do projeto (2008), A IBM já selecionou mais de 1000 funcionários de cerca de 47 países em 100 equipes para atuar nessa iniciativa que integra crescimento econômico e tecnologia da informação em ONGs de países em desenvolvimento como China, Egito, Quênia, Índia, Gana, Malásia, Marrocos, Nigéria, Filipinas, Romênia, Rússia, África do Sul, Sri Lanka, Tanzânia, Turquia e Vietnã. Em 2009, o Brasil passou a fazer parte dos países que recebem voluntários da empresa. Cento e trinta e um colaboradores estrangeiros, de 25 países, já trabalharam em 42 ONGs de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Belo Horizonte, Salvador e Porto Alegre. Além disso, cerca de 60 funcionários da IBM Brasil já atuaram em ONGs estrangeiras em países como África do Sul, Gana, Índia, China e Vietnã. Mais 26 já foram selecionados para o período de agosto de 2011 a julho 2012

Cidadania Corporativa na IBM 
Há 100 anos, a IBM promove o uso da tecnologia em benefício das empresas, instituições e da sociedade. De acordo com sua visão de negócios denominada Planeta Mais Inteligente, a companhia acredita que o fenômeno da globalização, que aproxima e conecta pessoas, representa um imenso potencial para aplicar a tecnologia no desenvolvimento de um mundo mais sustentável, eficiente e com menos desperdício. Desta forma, a companhia conduz os seus processos de negócios, desenvolve projetos e realiza parcerias com a finalidade de colocar a tecnologia a serviço das principais questões críticas da sociedade contemporânea: desenvolvimento econômico, cidadania, educação e cultura, saúde e meio ambiente.

Sobre a IBM
Para mais informações sobre a IBM, visite http://www.ibm.com/br
IBM no Twitter: 
http://twitter.com/ibmbrasil

Comments