Você sabe dizer por que é importante criar conteúdo para redes sociais de pequenos negócios ?

A principal razão para adotar essa prática de Marketing Digital tem a ver com o potencial que os conteúdos têm de aumentar as suas vendas. Essa é uma estratégia eficaz para causar interesse no público e divulgar o seu negócio.

Ou seja, é uma espécie de vitrine virtual que vai além de apresentar seus produtos e serviços de forma direta.

Quer aprender a criar conteúdos que viralizam e aumentam suas vendas? Então siga a leitura conosco!

O que é produção de conteúdo?

A produção de conteúdo digital envolve a criação de posts, vídeos, imagens, textos, e-books e tudo mais que pode ser desenvolvido no espaço online, principalmente nas redes sociais.

O principal ponto da criação de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios é que o foco não é vender o seu produto ou serviço, embora essa seja uma consequência de bons conteúdos.

O objetivo da produção de conteúdo é beneficiar quem lê, educando o seu público, tirando dúvidas, apresentando formas de resolver um problema com o seu produto, criando uma relação com os seus seguidores.

E essa relação, quando bem construída com os conteúdos, leva o público a ter uma percepção positiva do seu negócio, resultando em mais seguidores, clientes e, posteriormente, mais vendas.

A importância da produção de conteúdo para um pequeno negócio

A criação de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios passou a ser mais importante devido ao impacto das mudanças tecnológicas no perfil do consumidor.

Agora, os novos consumidores pesquisam, vão atrás de opiniões, avaliações, informações sobre as marcas em todo o ambiente digital, para então começar a criar relações com ela e investir seu dinheiro nos produtos e serviços que são ofertados.

Assim, quando você oferece conteúdo relevante a esse novo consumidor, você está tornando mais fácil o processo de compra, pois as suas publicações já fornecem as informações que esse cliente busca.

Como o conteúdo pode te ajudar a vender mais?

Como falamos anteriormente, o perfil social do seu negócio é o principal canal de comunicação e venda, atuando como uma vitrine virtual  dos seus produtos e serviços.

E como toda vitrine, precisa ser atraente. É aí que entra a criação de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios, atraindo clientes que se interessam pelo seu produto/serviço. Essa atração acontece com informações relevantes, que chegam de maneira rápida e prática ao seu consumidor, te tornando uma referência no seu setor.

O resultado disso tudo é uma proximidade com o seu cliente, criando uma relação de troca, em que ele recebe uma informação relevante que estava procurando e, como retribuição, adquire o produto da empresa que lhe passou esse conhecimento.

Para entender melhor, vamos propor um exemplo: vamos supor que uma pessoa está em busca de como descolorir o cabelo sem danificá-lo. Você, dona de um salão de beleza, publica em suas redes sociais um conteúdo com cinco dicas de como descolorir o cabelo sem danificá-lo. Entre essas dicas, você inclui procedimentos realizados em seu salão.

Essa pessoa que estava em busca dessa informação entende que a melhor forma de fazer isso é com os procedimentos que você indicou. Então, ela entra em contato contigo para perguntar sobre preços e horários disponíveis, se tornando uma possível nova cliente.

É assim que a produção de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios te ajuda a vender mais!

8 dicas de como criar conteúdo para redes sociais de pequenos negócios

Você já compreendeu como funciona a produção de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios, e como ela pode beneficiar o seu empreendimento e te ajudar a vender mais. Portanto, agora está na hora de aprender a criar bons conteúdos para as redes sociais do seu negócio e colocar a mão na massa!

#1 Analise a concorrência

Ao analisar a sua concorrência, mantenha o foco em ver qual o tipo de conteúdo mais funciona e gera engajamento. Ou seja, quais conteúdos as pessoas mais curtem, comentam e compartilham. Assim, você consegue ter uma ideia de como começar os seus próprios conteúdos, focando no seu serviço e produto.

Nada de copiar o conteúdo dos outros, ok?! Isso é antiético e pode prejudicar você e a índole do seu negócio. Analise o conteúdo dos concorrentes apenas para se inspirar.

Busque também por referências além do seu nicho, pois assim você também consegue abrir a sua cabeça para novas possibilidades.

#2 Conheça a sua persona

Antes de começar qualquer tipo de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios, é preciso ter em mente quem é o seu cliente. Com isso, você entende quais são as necessidades dele, quais as dores, vontades e dúvidas, sabendo exatamente o que criar para se comunicar diretamente com quem irá comprar o que você oferece.

Algo que pode te ajudar nisso é criar uma persona, que é um perfil fictício do seu cliente em potencial. Clique aqui e confira um post sobre como criar uma persona para o seu negócio.

#3 Capriche na identidade visual

Lembra que falamos sobre as redes sociais serem uma vitrine virtual do seu negócio? Pensando nisso, a sua identidade visual deve ser caprichada, principalmente para que quando as pessoas vejam um post seu, elas associem rapidamente a sua marca.

Atualmente, o Canva é uma ótima ferramenta para criar publicações com uma identidade visual padrão, além de ser majoritariamente gratuito e fácil de usar!

#4 Use palavras-chaves e hashtags

Utilizar palavras-chaves e hashtags é uma forma das pessoas te encontrarem ao realizarem uma busca nas redes sociais ou outras ferramentas de pesquisa. Por isso é tão importante utilizá-las! Você consegue alcançar novos públicos e aumentar sua possível clientela.

Quer um exemplo? Vamos supor que você tem um negócio de doces caseiros, e quer fazer um post sobre naked cake. A sua palavra-chave será naked cake, e ela deverá estar presente no seu conteúdo. Você pode usar também as seguintes hashtags no post: #nakedcake, #bolodeaniversário, #bolodecorado etc.

#5 Esteja nas redes sociais em que seu público está

Ao identificar quem é a sua persona, você entenderá que ela provavelmente tem uma rede social favorita – e é lá que você deve estar com o seu conteúdo! Afinal, de nada adianta fazer publicações incríveis no Facebook, por exemplo, quando o público que provavelmente comprará de você está no Instagram.

O ideal é que você construa sua persona para identificar qual a rede social que ela, e a maior parte do seu público, preferem. Porém, saber quais são as redes sociais mais usadas por cada faixa etária, pode te ajudar a ter uma ideia:

  • 57 a 75 anos: usam o Facebook e o WhatsApp para entretenimento e buscar informações;
  • 42 a 56 anos: usam o Facebook  para se comunicar e expressar opiniões;
  • 27 a 41 anos: usam o Instagram e Youtube para se expressar e compartilhar suas vidas;
  • 11 a 26 anos: usam o TikTok e Instagram (principalmente as funções de vídeo).

#6 Faça conteúdos evergreen 

Chamamos de conteúdos evergreen aqueles que não perdem a validade com o passar do tempo.

Por exemplo, se você trabalha com um buffet de festas, um post evergreen seria sobre qual a quantidade ideal de comida de acordo com o número de convidados que vão a uma festa. Essa é uma dúvida comum, que sempre irá permear a cabeça das pessoas que fazem encomendas de doces e salgados para uma festa.

#7 Lembre-se dos hiperlinks

Os hiperlinks são essenciais dentro de seus conteúdos, pois eles podem levar o seu público para uma página externa para ter mais informações, como o seu contato de WhatsApp, tornando a venda cada vez mais próxima.

Não são todas redes sociais que permitem inserir links nas postagens. Quando possível, utilize. Por exemplo, no Instagram, você não consegue inserir link nos posts, mas pode e deve ter um link na sua bio, direcionando para o contato da sua empresa.

#8 Acompanhe os resultados obtidos

Depois de analisar a concorrência e outros nichos, desenhar a sua persona, caprichar na identidade visual, fazer legendas com hashtags e palavras-chaves e criar um conteúdo completamente criativo, você precisa mensurar os resultados obtidos.

Analise quais os números de cada publicação, quais foram mais compartilhadas, comentadas e quais te geraram mais vendas.

Todas essas informações te ajudarão a entender o que precisa mudar e o que deve ser reforçado, te aproximando cada vez mais do seu público.

Como a Aliança Empreendedora e Tamo Junto podem te ajudar

Para que o seu conteúdo para redes sociais de pequenos negócios seja cada vez mais profissional e fácil de fazer, você pode contar com a Aliança Empreendedora, o Tamo Junto e o programa #ElaFazHistória.

Isso porque nós temos um curso gratuito e online, com a prática de todos os passos que te ensinamos aqui, além de outros diversos materiais complementares, como um modelo de calendário para publicações, um template de personas do Canva e até mesmo um tutorial de mapa de persona.

Desenvolva estratégias de conteúdo para as redes sociais do seu pequeno negócio com o nosso curso. Clique aqui e comece ele agora mesmo.

Conclusão sobre criar conteúdo para redes sociais de pequenos negócios

Agora você já sabe porque é importante investir na produção de conteúdo para redes sociais de pequenos negócios!

Como você viu, essa prática te ajuda a vender mais e criar um bom relacionamento com os seus clientes.

Mas para ela ser eficaz, você precisa seguir alguns passos, como definir a sua persona, estar nas redes sociais do seu público, usar hashtags e palavras-chaves referentes ao seu negócio e ser criativo!

E acima de tudo, lembre-se que o seu objetivo com esses conteúdos é ajudar o seu público!

Fazendo isso, consequentemente você verá as suas vendas aumentarem e os seus clientes se tornarem mais fiéis..