Como você lida com compras e pagamentos de contas pessoais no dia a dia? Você conversa em casa sobre dinheiro? Têm os controles financeiros do seu negócio em dia? Essas perguntas podem causar certo incômodo, mas são necessárias e tirar esse sentimento ao falar sobre o tema é passo fundamental para fazer as pazes com o bolso, o caixa e começar a colher frutos dessa relação saudável.

A verdade é que comportamentos financeiros vão aparecendo desde a infância. As famílias não tem o costume de falar sobre dinheiro em casa e as crianças crescem sem um direcionamento para lidar bem com ele, vão aprendendo pelo que se imagina ou pelo que se vê em situações cotidianas. Esse cenário tem mudado, mas é preciso ter consciência para fazer diferente em casa. E o que isso tem a ver com seu negócio? Bom, a maneira com que você consome, fala sobre dinheiro é algo construído ao longo da vida, talvez você tenha padrões que ainda não identificou e que reflete no seu empreendimento.

É preciso tirar um tempo para analisar como está sua relação com o dinheiro. Tanto do negócio, como na vida pessoal. Se está comprando muito por impulso, sem considerar parcelas ou outras partes do orçamento, é bom tentar entender o que pode estar acontecendo. O mesmo vale para um comportamento contrário de muito apego, receio de usar o dinheiro ou investir em algo que deseja por medo de dar errado. Tudo isso pode ser visto e repensado para melhorar ações no dia a dia e o retorno financeiro de seu negócio.

Não querer falar sobre dinheiro,  fechar os olhos para a realidade também é um sinal de alerta: a autossabotagem é bem comum entre empreendedores. Comece a reparar se há algo que você deveria enxergar sobre o seu dinheiro e não quer. Aqui vão algumas dicas para uma mudança se você se encaixa nesse perfil:

1) Faça o levamento de todas as suas dívidas e as coloque em um papel;

2) Acompanhe suas contas e sua fatura com frequência. Antes de decidir comprar algo por impulso ou de falar “sim” para tudo, verifique se terá condições de arcar com os gastos;

3) Se esforce para realmente se segurar em alguma compra desnecessária e saiba falar não quando não puder emprestar um dinheiro para alguém.

E para entender melhor o que te leva a tomar algumas decisões em relação ao dinheiro, separamos alguns testes que valem a pena e podem te mostrar caminhos para mudanças e melhorias na vida pessoal e no negócio:

Teste “Descubra quem é você na fila do pão das finanças”

https://www.serasa.com.br/ensina/perfil-financeiro/

Teste para descobrir a situação financeira – Endividado, Equilibrado, Financeiramente ou Investidor 

https://www.infomoney.com.br/colunistas/financas-em-casa/faca-o-teste-e-descubra-qual-a-sua-situacao-financeira/

Teste de perfil de investidor:

https://mepoupenaweb.uol.com.br/dicas-de-riqueza/teste-que-investidor-voce-e/
https://www.bussoladoinvestidor.com.br/teste-perfil-de-investidor/

Boa sorte nessa caminhada!