Desde o começo da crise do Covid-19, estamos reforçando a importância de fazer um planejamento financeiro e compartilhando dicas para adaptar o negócio, diminuir gastos e negociar pagamentos. Mas sabemos que, mesmo colocando em prática todas as ações, alguns MEIs ainda terão dificuldades para fechar as contas no fim do mês. Neste momento, talvez seja necessário adquirir crédito ou realizar um financiamento.

Aqui no blog temos um artigo completo com dicas para para fazer isso da melhor maneira. E neste aqui vamos te apresentar três oportunidades de acesso a crédito que podem te ajudar. Escolhemos os que tem amplitude nacional e são focados no micro e pequeno empreendedor. Vamos lá?

#1 Auxilio Emergencial do Governo

O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados. Foi criado com objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise. Serão três pagamentos no valor de R$ 600 a trabalhadores informais e de R$ 1.200 para mães responsáveis pelo sustento da família.

Para receber o auxílio, além de pertencer a um dos grupos citados, é necessário:

  • Ter mais de 18 anos
  • Não ter emprego formal (carteira assinada)
  • Não receber benefício previdenciário ou assistencial (aposentadoria, pensão, auxílio doença), seguro-desemprego ou de Programa Federal de Transferência de Renda (com exceção do Bolsa Família)
  • Ter renda familiar, por pessoa, de até meio salário mínimo (R$ 522,50) por mês ou renda familiar mensal total de até três salário mínimos (R$ 3.135)
  • Não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018

A instituição que está à frente para disponibilizar este benefício é a Caixa Econômica Federal, para mais informações você pode entrar direto pelo site deles ou baixar o aplicativo no seu celular. Aqui no blog também temos um artigo completo sobre o Auxílio Emergencial, inclusive com o cronograma de pagamento, você pode acessar clicando aqui.

#2 Firgun - Microcrédito Produtivo

A Firgun funciona como um fundo de microcrédito produtivo. É uma plataforma de empréstimo entre pessoas. Como é isso? É como se fosse uma vaquinha online, só que esse dinheiro precisa ser devolvido para o fundo, mas sem o acréscimo de juros.

Eles mobilizam investimentos e contam a história de microempreendedores. Com isso conseguem conectar pessoas que estão dispostas a investir com microempreendedores que precisam de capital. “Mas eu estou negativo, posso adquirir o crédito?” Sim! Neste caso, não é um empecilho estar negativo. E você também é livre para escolher as suas prioridades, se o dinheiro será utilizado para capital de giro, pagamento de funcionários ou outras contas.

Para adquirir, o primeiro passo é acessar o site da Firgun (www.firgun.com.br/), clicar em “quero empréstimo” e fazer seu cadastro. Em “como soube da Firgun”, você pode selecionar Aliança Empreendedora. E depois é só apertar o botão "confirmar cadastro". Ah, e o Lemuel Simis – cofundador, fez uma live explicando mais detalhes e tirando várias dúvidas também. Não deixe de conferir no canal do Tamo Junto, no youtube.

#3 BNDES - Banco Nacional do Desenvolvimento

O Banco Nacional do Desenvolvimento também tem financiamento focado para o micro e pequeno negócio. Por conta da pandemia, eles fizeram uma ampliação do crédito de pelo menos R$5 bilhões de reais para ajudar o microempreendedor.

No próprio site do BNDES (https://www.bndes.gov.br) você consegue visualizar as condições do financiamento, taxa de juros, prazo para pagamento. Também é possível visualizar qual é a instituição de crédito do seu estado ou município que representa o BNDES. Legal, né?

Para acessas as condições, você acessa o site, clica em “Financiamentos”, escolhe a opção “Canal MPME - Solicite seu financiamento”. Digite seu CPF ou CNPJ e no botão "avançar". Na próxima página você precisa informar se é caminhoneiro, empreendedor pessoa física (pessoa física que exerça atividade produtiva), produtor rural (pessoa física que exerça atividade rural) ou outro tipo de pessoa física, mas essa última opção somente é válida para aquisições de painéis solares. Feito isso, vão solicitar mais algumas informações para simular o financiamento de acordo com seu perfil.

Praticamente todos os estados estão se mobilizando para fornecer crédito emergencial para bancos, agências ou cooperativas de crédito para facilitar o acesso. Busque notícias em sites confiáveis. Como da prefeitura ou do estado, para saber se na sua região estão sendo pensadas ações neste sentido.