Aliança Empreendedora carregando
Blog
Vencedoras do Desafio Pequenas Gigantes mostram mudanças em seus negócios

Vencedoras do Desafio Pequenas Gigantes mostram mudanças em seus negócios

 

O “Pequenas Gigantes – Desafio São Paulo para microempreendedoras” aconteceu no final de 2013 e, logo após os encontros de capacitação e a premiação, já é possível reconhecer mudanças nos negócios das  participantes. Dois meses após o desafio, além dos conhecimentos adquiridos com a experiência, se tornam evidentes outras conquistas que o prêmio trouxe para as três vencedoras.

O desafio aconteceu entre novembro e dezembro do ano passado e foi elaborado e executado pelo Instituto Walmart em parceria com a organização Aliança Empreendedora. A ideia se baseou na vontade de apoiar o empoderamento feminino, alavancando negócios de mulheres a partir da capacitação em gestão, construção de redes de parcerias e premiação, com recurso financeiro, para os projetos com potencial transformador. Hoje, as três vencedoras contam como investiram o recurso de cinco mil reais e o que mudou em suas vidas desde a participação no projeto.

Tatiane Lobato de Oliveira
Lavanderia Magic Clean

Desde o fim do Pequenas Gigantes Tatiane não para mais. Antes já era atarefada, mas agora a rotina de mãe, dona de casa e empreendedora ganhou outra proporção. Ela conta que tem sido requisitada para falar sobre sua experiência em eventos do terceiro setor e para alunos universitários.

Com fala mansa e muito segura, Tatiana conta por onde passa a sua trajetória à frente da Lavanderia Magic Clean. “Tudo que aprendi nos encontros tento colocar em prática. O prêmio mudou a cara das lojas, mas só consigo administrar tudo porque aprendi a me organizar e planejar meus dias”.

Com o recurso que chegou, as lojas ganharam  toldos que renovaram a fachada. Tatiane explica que fez uma ampla pesquisa de cotação e acabou com três fornecedores diferentes. “Essas mudanças são parte de um projeto antigo que finalmente posso colocar em prática. Uma das lojas já está completa com o toldo, placa e nova pintura. Em poucos dias as outras também estarão dentro desse padrão, o que passa muito mais credibilidade para os clientes. Estou muito feliz.”

Agnes Roberta da Silva Martins
AgnesRasta bolsas e acessórios

Agnes levou o prêmio do Pequenas Gigantes em um dia e no outro já contabilizava mais encomendas que o normal. A empreendedora do ramo da moda, que faz bolsas e acessórios em seu ateliê em Heliópolis, zona sul de São Paulo, se inscreveu no desafio pensando em sua nova linha de produtos. Levou os cinco mil reais, orientações para expandir os negócios e importantes parcerias para promover sua marca. “Foi muito mais do que eu imaginava”, contou.

Com o prêmio, Agnes comprou o maquinário e os produtos que necessita para produzir sua linha de couro ecológico que será lançada no inverno. E, para conseguir desenvolver as peças da coleção teve até que contratar uma pessoa para ajudar. “Foi tudo muito rápido e sozinha já não consigo mais. Coloquei a notícia do prêmio nas redes sociais e ela se espalhou. Ganhar um desafio com grandes marcas envolvidas passa confiança para o cliente e o resultado estou vendo nas vendas e nos novos projetos que estão surgindo. Estou amando tudo isso”.

O novo projeto, além da linha de couro, é a parceria com Thairine Moreno Galhera, outra participante do Pequenas Gigantes que faz acessórios com materiais recicláveis. “Deu tudo certo, consigo atender diferentes públicos. Agora é trabalhar bastante pra agradar a clientela no inverno com a nova linha.”

Reinilda Maria dos Santos e Silva
Sabor e Cia

A Sabor e Cia mudou de lugar, ganhou pintura, balcão, freezer e cadeiras novas de madeira. Agora, se o cliente quiser salgados, doces e sucos pode sentar-se e comer ali mesmo,  em um ambiente que convida a pedir, curtir e só depois ir embora.

Reinilda, a dona do estabelecimento, conta que o prêmio realizou um sonho. “Os clientes que vinham até aqui comprar não encontravam um lugar agradável para ficar. Era um ambiente pequeno, sem estrutura. O Pequenas Gigantes mudou tudo”.

Desde 2006, quando abriu a Sabor e Cia, Reinilda é empreendedora. Mas foi recentemente que entendeu, de fato, seu papel e seu potencial. “Agora consigo precificar meu produto, dividir a renda e me organizar com as contas. A nova loja mostra como estou encarando os negócios. Com certeza, os encontros ampliaram minha visão de comércio”.  Reinilda trabalha agora com a divulgação de seu espaço e, em breve, o site da Sabor e Cia estará no ar.

Comentários