Aliança Empreendedora carregando
Blog
Quadro 'No fim das contas' apresentado no DFTV, filiada da Rede Globo no Distrito Federal, fala sobre o projeto Crescer e Vencer

Quadro ‘No fim das contas’ apresentado no DFTV, filiada da Rede Globo no Distrito Federal, fala sobre o projeto Crescer e Vencer

No dia 14 de março o quadro “No fim das contas”, apresentado no DFTV 1ª Edição, filiada da Rede Globo no Distrito Federal falou das boas ideias que ajudam a contornar a crise. E o projeto Crescer e Vencer foi apresentado como uma solução para os microempreendedores que procuram se capacitar para desenvolver os seus negócios! Além disso, a reportagem também explicou sobre processo de mobilização de mentores que estava ocorrendo no momento.

Confira a matéria completa:

‘No fim das contas’ mostra boas ideias que ajudam a contornar a crise

Empreendedora criou ‘sex shop delivery’ e busca profissionalizar atividade. Cursos ensinam a planejar orçamento, analisar risco e lidar com fornecedor.

No quadro “No fim das contas” desta segunda-feira (14), a jornalista Mônica Carvalho mostrou exemplos de microempreendedoras do Distrito Federal que usaram a criatividade para contornar a crise econômica. Em Arniqueiras, Alessandra Patrícia criou um “sex shop delivery” a partir da própria casa e agora luta para oficializar o negócio.

“Começou quando eu quis dar uma apimentada no meu relacionamento. Eu nunca fui a um sex shop, sempre tive vergonha de entrar, aí tive ideia de entrar na internet e vi que tinha venda desses produtos”, conta Alessandra. Com o sucesso da compra, ela teve a ideia de revender para as colegas, que compartilhavam do mesmo receio.

As vendas aumentaram e se tornaram constantes, mas ela diz que ainda não se sente, de fato, uma “empreendedora”. Para isso, ainda falta tirar o CNPJ e montar um trailer para vender os produtos de casa em casa. Alessandra se inscreveu em um curso promovido pea Serasa Experian e pela ONG Aliança Empreendedora, com foco na gestão financeira.

Mesmo na informalidade, o sex shop delivery já rendeu frutos como a reforma da casa em Arniqueiras, em Águas Claras. “Mas eu compro como varejista e aí não consigo comprar com um desconto bom”, diz. Mônica dá a dica: com o CPNJ formal é possível obter vantagens na hora de negociar os produtos.

Como empreender

A comentarista de economia da TV Gloobo afirma que, assim como Alessandra, muitas mulheres do DF têm as habilidades necessárias ao empreendedorismo. Entre elas, a criatividade e o olhar atento às oportunidades. Muitas vezes, a ajuda é necessária no planejamento, na organização das informações e no cálculo dos riscos daquele negócio.

No projeto “Crescer e Vencer”, do Serasa com a Aliança Empreendedora, os 76 empresários aprendem a criar um negócio sustentável financeiramente. Quem tem perfil e experiência na gestão de negócios pode se tornar um mentor. O trabalho é voluntário e as inscrições podem ser feitas no site da ONG.

Fonte: G1 – Distrito Federal

Comentários