Aliança Empreendedora carregando
Blog
Projeto Reciclagem Inclusiva - parceria entre a Aliança Empreendedora, Gerdau e GIZ beneficiará catadores de materiais recicláveis em seis estados brasileiros

Projeto Reciclagem Inclusiva – parceria entre a Aliança Empreendedora, Gerdau e GIZ beneficiará catadores de materiais recicláveis em seis estados brasileiros

 

A foto foi tirada na sede da COOPERATIVA MOREIRA CESAR RECICLA em Pindamonhangaba/SP. Nela estão os cooperados, a equipe Gerdau e a equipe da Aliança Empreendedora no projeto.

Atuar em 10 cidades e beneficiar 400 catadores diretamente, incluindo suas associações e cooperativas na cadeia produtiva da Gerdau de forma sustentável é a meta do Projeto Reciclagem Inclusiva Gerdau – GIZ. A parceria entre a Aliança Empreendedora, a Gerdau – líder no segmento de aços longos nas Américas e um dos maiores fornecedores de aços longos especiais do mundo, e a GIZ – Sociedade Alemã para Cooperação Internacional visa apoiar e fortalecer as organizações de catadores de materiais recicláveis dentro das áreas de atuação e influência da Gerdau. Propõe-se a aprimorar os processos de gestão, produção e comercialização das organizações de catadores de materiais recicláveis dentro da cadeia produtiva e de valor da Gerdau em todo o território nacional.

O projeto iniciou em janeiro de 2011 e tem como meta no primeiro ano apoiar 10 organizações de catadores localizadas em seis estados do Brasil.
Até o momento, o projeto já cadastrou 7 organizações de catadores nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Pernambuco e está finalizando a etapa de diagnóstico.

Ao final do primeiro ano, espera-se construir uma metodologia com todas as partes interessadas, e que possa ser replicada e servir como uma ferramenta de profissionalização das organizações de catadores.
A última viagem da equipe foi para Minas Gerias, onde realizou dois diagnósticos: o primeiro na Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável de Divinópolis (ASCADI) e o segundo, na Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Barão de Cocais (ASERBAC) em Barão de Cocais.

Comentários