Aliança Empreendedora loading
Blog
Seminário mostra importância do trabalho dos catadores de material reciclável do Programa Eco-Cidadão

Seminário mostra importância do trabalho dos catadores de material reciclável do Programa Eco-Cidadão

D. Lylian Vargas, Presidente da BPW Curitiba durante o discurso de abertura do evento.

Resíduos recolhidos por catadores de material reciclável de Curitiba transformaram-se em obras de arte nas mãos de artistas plásticos e artesãos. A exposição “Arte do Lixo” fez parte do Seminário “Mais que Salvar, é Preciso Conscientizar”, realizado quinta-feira (16), no Cietep, pela BPW – Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Curitiba, em parceria com o Sistema Fiep e a ONG Aliança Empreendedora.

O evento teve como objetivo dar visibilidade à importância das atividades dos catadores de material reciclável. Além da exposição, o Seminário contou com palestras sobre meio ambiente, sobre coleta seletiva e empreendedorismo. Foram homenageados representantes das 12 associações de catadores de material reciclável da capital.

“Esse evento é para reconhecer o trabalho dos catadores em prol da sociedade e do meio ambiente. Eles trabalham diariamente na coleta do material que a sociedade rejeita e fazem disso sua renda e sustento, melhorando as suas condições de vida e de sua família”, explica Daniele Bonacin, coordenadora do Programa Eco Cidadão, na Aliança Empreendedora.  Ela conta que, atualmente, são cerca de 500 catadores organizados em 12 associações em Curitiba.

Ana Flávia Cartaxo Souza, gerente de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e representante do Programa Eco Cidadão, destacou em sua palestra que a capital paranaense gera cerca de 1880 toneladas/dia de resíduos, sendo que desse montante apenas 554 toneladas/dia são aproveitadas para reciclagem. O grande desafio, segundo ela, é educar a própria população, que ainda não separa adequadamente o lixo reciclável do orgânico.

Outro ponto importante do Seminário foi a alusão à Política Nacional de Resíduos Sólidos, mais especificamente à Lei 12.305/2010, regulamentada em dezembro de 2010 e que determina: o fim progressivo dos lixões; a responsabilidade das empresas de recolher seus resíduos após o consumo; a separação dos resíduos pelos consumidores; e a obrigatoriedade de fabricantes, distribuidores e comerciantes investirem para colocar no mercado artigos recicláveis, que gerem menor quantidade de resíduos sólidos.

Depois do seminário no Cietep, o evento “Mais que Salvar, é Preciso Conscientizar”  terá continuidade por meio de ações que contam com visitas a cooperativas de catadores e a escolas de Curitiba, para a realização de palestras de conscientização.

Arte do Lixo – Grande atração do seminário, a exposição “Arte do Lixo” mostrou vestidos e acessórios confeccionados com lacres de latinhas de refrigerante e cerveja. Discos de vinil viraram modernos relógios de parede. Cacos de louça e de lajotas, em composição com tocos de lápis coloridos, sementes, pedras, tampinhas e outros resíduos, nas mãos dos artistas e artesãos,  transformaram-se em elegantes mandalas decorativas, entre outros artefatos.

O destaque da exposição foi uma grande árvore com estrutura de metal, na qual foram penduradas diversas peças coloridas, feitas com vidro reutilizado ou reciclado, criadas pelos artistas e artesãos.

Estavam presentes na cerimônia de abertura do evento “Mais que Salvar, é Preciso Conscientizar”: a presidente da Associação de Mulheres de Negócios de Curitiba – BPW, Lylian Vargas; a assessora da presidência do Sistema Fiep, Tereza Resende; a coordenadora de Empreendedorismo da BPW Curitiba, Conceição Barindelli; a responsável pelo evento na BPW Curitiba, Liane Antonelli; a gerente de Educação Ambiental da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e representante do Programa Eco Cidadão, Ana Flávia Cartaxo Souza; a presidente  da Associação de Catadores Vida Nova, Simone Lisboa; o diretor executivo da Aliança Empreendedora, Rodrigo Brito;  a coordenadora geral do Programa Eco Cidadão, na Aliança Empreendedora, Daniele Bonacin; a presidente do Conselho Nacional da Mulher Empresária, Avani Tortato Rodrigues;  a ex-presidente da BPW Curitiba, Maria Inês Borges da Silveira; e a representante da Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS),  Deise Caputto.

 

Comments