Aliança Empreendedora carregando
Blog
Conheça a Alinha: plataforma de apoio a donos de oficinas de costura que irá impulsionar microempreendedores do Programa Tecendo Sonhos

Conheça a Alinha: plataforma de apoio a donos de oficinas de costura que irá impulsionar microempreendedores do Programa Tecendo Sonhos

A ideia é que a Alinha funcione como um “pós-curso” para que os microempreendedores coloquem na prática os aprendizados obtidos dentro do curso no que se refere a melhoria na segurança do trabalho

Já pensou em como a tecnologia pode apoiar microempreendedores criando relações mais justas de trabalho entre oficinas de costura e varejista? A plataforma Alinha e uma solução tecnológica que foi criada com esse intuito. Neste ano a Alinha entra como consultora do projeto, para impulsionar e incubar 10 oficinas de costura de microempreendedores que participarem do Programa Tecendo Sonhos e forem destaques de participação em suas turmas.

Desenvolvida em 2014 por meio do Tecendo Sonhos, e ganhadora naquele mesmo ano do Social Good Brasil Lab, a plataforma promove por meio da disseminação adequada de informações, acompanhar e impulsionar oficinas de costura, em sua maioria de imigrantes, em São Paulo-SP, buscando assim criar um cenário mais justo nas relações comerciais e de trabalho na base da cadeia têxtil.

No Programa Tecendo Sonhos a Alinha irá servir como uma espécie de acompanhamento pós- curso aos microempreendedores destaque: Será 1 participante destaque por turma, indicado a partir de sua participação nos encontros do projeto, entregas de desafios propostos, e também a partir da votação dos outros microempreendedores que integram a turma. A partir disso, esses microempreendedores são acompanhados pela Alinha.

Inicialmente a Alinha visita as oficinas de costura com um técnico de segurança de trabalho, que fornece um relatório indicando todas as melhorias necessárias em cada local, tanto no aspecto físico quanto na formalização da oficina de costura. Após isso, o microempreendedor fica responsável em executar tais ações em sua oficina. “Isso promove uma melhoria muito importante nos aspectos relacionados à segurança e condições de trabalho das oficinas de costura, trazendo mais autoestima ao microempreendedor e aos colaboradores, que passam a enxergar o negócio de outra forma. O resultado é uma melhora significativa na qualidade de vida de todos os envolvidos”, explica a coordenadora do Tecendo Sonho na Aliança Empreendedora, Cristina Filizzola.

A Alinha acompanha todas as etapas de melhoria com o microempreendedores, e após garantir que as ações foram executadas a oficina de costura passa a figurar no site da Alinha como uma oficina de costura certificada pela plataforma e acessível na busca e contato direto de empresas varejistas, o que incentiva uma relação comercial mais justas entre a mão de obra na base da cadeia têxtil com as empresas varejistas.

Comentários